Uma década depois…

Uma das coisas mais estranhas de “ganhar idade” é que você começa a dividir as épocas em períodos cada vez mais longos. Não apenas infância, adolescência, juventude, quando os anos se misturam e os intervalos entre acontecimentos relevantes são pequenos, já que os anos vividos não são tão numerosos ainda. Com o tempo, percebe que…