Nós

nos_2015

Carolina Caires Coelho

Trabalho com editoras há 10 anos. Comecei revisando, cheguei às traduções, mas lido com diversos tipos de texto desde a avaliação de originais à revisão final. Apesar de participar de muitos momentos do livro, é a tradução que me faz mais feliz.
Amo livros, palavras, trocadilhos e, acima de tudo, levar as emoções de um idioma a outro.
Escrever, para mim, sempre foi mais fácil do que falar. Falo muito, mas é escrevendo que coloco as ideias em ordem e fico mais à vontade para abrir o coração.
Aqui, quero dividir minha experiência, trocar conhecimento com esses amigos/colegas por quem sinto muito orgulho e também com quem quiser contribuir.

LinkedIn | E-mail: crccoelho[@]gmail.com | carolina[@]pontedeletras.com

Débora Isidoro

Tradutora literária desde 1989, quando troquei um cargo “estável” em uma companhia mista de São Paulo pela “corda bamba” da vida de freela. E já que estava mudando, deixei para trás a primeira paixão profissional, a Psicologia, e me joguei de cabeça nessa nova paixão, a Tradução dos livros. Ficção ou não, romance ou autoajuda, histórico ou séries, uns fáceis, outros de suar frio, não importa, ainda sinto o mesmo frio na barriga quando começo e a mesma euforia quando termino. Ainda fico vaidosa quando entro em uma livraria e vejo um dos “filhotes” em destaque, e ainda erro muito, erros que já renderam boas risadas com os colegas e que, espero, vou poder contar por aqui, entre outras experiências e histórias interessantes.

LinkedIn | E-mail: deboraisidoro2[@]gmail.com | debora[@]pontedeletras.com

Flávia Souto Maior

Tradutora com um pé no jornalismo e outro na história da arte, amante de idiomas e literatura. Comecei a traduzir quando ainda era estagiária de jornalismo – área em que me formei, trabalhei por oito anos, aprendi muita coisa e conheci gente interessante. Em algum momento, meio sem querer, percebi que me interessava mais pelas palavras do que pelas notícias e resolvi, ainda sem deixar a redação do jornal, estudar Letras. O próximo passo para me render de vez ao que realmente gostava foi me dedicar totalmente à tradução. Desde 2007, as palavras e os idiomas me acompanham todos os dias. Traduzo principalmente literatura de ficção e não ficção e matérias jornalísticas. Saiba mais em: flaviasoutomaior.com

LinkedIn | E-mail: contato[@]flaviasoutomaior.com | flavia[@]pontedeletras.com

Petê Rissatti

Nasci no propício Dia Nacional do Livro, o que explica muita coisa na minha profissão: tradutor, escritor, preparador de textos e leitor crítico, atuo na área de tradução desde 2000. Além de agências de tradução, presto serviços para diversas editoras brasileiras. Como escritor, participei das antologias “Blablablogue – Crônicas e Confissões” e “Todos os portais: realidades expandidas”, organizadas por Nelson de Oliveira, e “Assim você me mata”, organizada por Claudio Brites (Terracota Editora). Em 2012, lancei meu primeiro romance, “Réquiem: sonhos proibidos”. Saiba mais em http://www.peterissatti.com.br

LinkedIn | E-mail: contato[@]peterissatti.com.br | pete[@]pontedeletras.com