Muitas vozes na cabeça

Gosto de dizer que sou um autor tradutor, necessariamente nessa ordem. Foi como autor que estreitei minha relação com a literatura, lá pelos dezoito anos de idade, quando decidi por um par de motivos sentar em frente a uma tela em branco e descobrir se eu teria disciplina para escrever um romance. Para surpresa da…

Quem será o primeiro?

Um cartaz exposto pela organização da Frankfurter Buchmesse de 2014 questionava: “Who will be first?”. Eu acho que esse questionamento realmente resume o espírito da maior feira mundial de livros que começa no próximo dia 14 de outubro, em Frankfurt, Alemanha. Todo mundo que realmente importa no mercado editorial enquanto negócio está lá: editores, agentes…

Interpretação e eventos ao vivo

Eu penso na interpretação como a irmã mais velha da tradução simplesmente pelo fato de a língua falada ter vindo antes da escrita. Apesar de ter se tornado mais reconhecida somente após o julgamento de Nuremberg, é de se imaginar que ela já acontecia (bem menos formalmente) nas interações entre povos de culturas e idiomas…

Tabu: tradução para a segunda língua

  A regra é clara: tradutor traduz de um idioma estrangeiro para o seu idioma materno. Porém, para toda regra há uma exceção. Eu nasci, cresci e estudei no Brasil durante os primeiros vinte e dois anos da minha vida. Depois me mudei. Já trazia o inglês e o espanhol na bagagem, já atuava como…

Parece literatura, mas sem o livro

Quando entrei na faculdade de tradução, um dos meus sonhos era traduzir livros. Não importava muito o que, desde que fossem livros. E, de fato, traduzi profissionalmente o primeiro livro, uma biografia, quando estava terminando a graduação. Mais ou menos um ano depois, aprendi legendagem de filmes e foi aí que descobri minha grande paixão.…

Quando os personagens desatam a falar

Há pouco tempo, andando na rua, ouvi um “sim”. O espanto me fez desacelerar o passo para escutar a conversa (assumo publicamente que ouço conversas alheias, mas sempre por motivos profissionais). Descobri que o “sim” veio da boca de uma falante de espanhol. Como tradutora literária, fui percebendo, a cada vez que precisava verter uma…

Da página ao palco

Traduzir textos teatrais é diferente de traduzir qualquer outro tipo de texto? É quase certeza que todos diriam que sim. Afinal, traduzir contratos também é diferente, traduzir poesia, receitas, cada tipo de texto tem a sua particularidade. Isso não é nenhuma novidade. Mas quais são as particularidades da tradução de textos dramáticos? Quando traduzi um…