Só sei que foi assim.

Com frequência, as pessoas me perguntam como eu vim parar aqui – na tradução editorial. Costumo dizer que tive sorte. Mandei um currículo, fiz um teste, recebi meu primeiro livro. Foi em 2008, e desde então não passei um dia sem trabalhar. Ainda continuo traduzindo para a editora que me deu a primeira oportunidade, mas…

Olhando para trás

Vi a capa de um livro que acabou de ir para as livrarias, uma tradução minha de uma obra muito especial: O exorcista, edição de 40 anos. Senti uma emoção diferente. Todos os livros que traduzi até hoje foram importantes, todos eles me causaram uma onda de orgulho, todos eles me motivaram a continuar e…