Viver de livros

Há alguns dias, estava pesquisando sobre um autor que estou traduzindo e encontrei um artigo que falava sobre o tradutor desse mesmo autor para o espanhol. Uma coisa me chamou a atenção. A autora do artigo se referia a esse tradutor como “um dos únicos tradutores que ela conhecia que vivia exclusivamente da tradução de…

O primeiro de 2015

2015 começou. Estamos felizes por dividir mais um ano aqui no Ponte, entre nós e com vocês. Livres do “peso” dos primeiros dias do ano, nos quais temos a impressão de que precisamos entrar na forminha das resoluções e passar a viver a vida perfeita que imaginamos da manhã do dia 1o de janeiro em…

Hábitos que melhoram o trabalho

No último texto da Flavia, ela deu algumas dicas importantes para tradutores, e, no texto de hoje, quero aproveitar os itens 6, 7, 8, 9 e 10, juntar tudo e acrescentar minha opinião. Este é meu último texto do ano aqui no Ponte, e talvez eu consiga deixar algo para reflexão, talvez possa contribuir para…

Dez dicas para o tradutor autônomo

Grande parte dos tradutores que conheço são autônomos, principalmente aqueles que trabalham com livros, pois são pouquíssimas as editoras (se é que existe alguma – eu não conheço!) que mantêm funcionários internos para esse tipo de serviço. Já falamos em vários textos aqui no Ponte de Letras sobre as vantagens e desvantagens de se trabalhar…

A Tecnologia a Favor da Tradução

Comecei a traduzir em 1989. Minha primeira ferramenta de trabalho foi uma máquina de escrever. Era eletrônica, verdade, mas era só uma máquina. Precisava de papel, tinta, corretivo, um pacote completo de suprimentos. E eu usava dicionários de papel, enciclopédias que ocupavam estantes inteiras, e tinha que ir à editora buscar originais físicos e levar…

Questão de bom senso

Em setembro, o Ponte de Letras participou do V Congresso Internacional de Tradução e Interpretação da ABRATES. Fomos muito bem recebidos por todos e pudemos rever amigos e colegas de profissão, assim como conhecer muita gente nova, entre as quais (ficamos felicíssimos em constatar) muitos leitores do blog. Foi muito gostoso poder conversar com gente…