Tabu: tradução para a segunda língua

  A regra é clara: tradutor traduz de um idioma estrangeiro para o seu idioma materno. Porém, para toda regra há uma exceção. Eu nasci, cresci e estudei no Brasil durante os primeiros vinte e dois anos da minha vida. Depois me mudei. Já trazia o inglês e o espanhol na bagagem, já atuava como…

Os pulos do tradutor

  Um dia, no meio de uma discussão sobre práticas profissionais de tradutores, eu disse: — Vocês já viram algum médico, dentista ou advogado divulgar sua lista de clientes? Já viram algum professor particular, cabeleireiro ou manicure informar quem são seus clientes? Aposto que não. Nenhum empreendedor ou empresário faz isso… Por que um tradutor…

Parece literatura, mas sem o livro

Quando entrei na faculdade de tradução, um dos meus sonhos era traduzir livros. Não importava muito o que, desde que fossem livros. E, de fato, traduzi profissionalmente o primeiro livro, uma biografia, quando estava terminando a graduação. Mais ou menos um ano depois, aprendi legendagem de filmes e foi aí que descobri minha grande paixão.…

Quando os personagens desatam a falar

Há pouco tempo, andando na rua, ouvi um “sim”. O espanto me fez desacelerar o passo para escutar a conversa (assumo publicamente que ouço conversas alheias, mas sempre por motivos profissionais). Descobri que o “sim” veio da boca de uma falante de espanhol. Como tradutora literária, fui percebendo, a cada vez que precisava verter uma…