NT: usar (com moderação) ou não usar?

Em um texto de 1982, o escritor Gabriel García Márquez elogiou o tradutor de algumas de suas obras para o inglês e listou entre suas qualidades o fato de nunca utilizar o recurso das notas explicativas, as chamadas notas do tradutor (NT), considerado pelo escritor uma saída muito usada por maus tradutores. La impresión que…

Viver de livros

Há alguns dias, estava pesquisando sobre um autor que estou traduzindo e encontrei um artigo que falava sobre o tradutor desse mesmo autor para o espanhol. Uma coisa me chamou a atenção. A autora do artigo se referia a esse tradutor como “um dos únicos tradutores que ela conhecia que vivia exclusivamente da tradução de…

Dez dicas para o tradutor autônomo

Grande parte dos tradutores que conheço são autônomos, principalmente aqueles que trabalham com livros, pois são pouquíssimas as editoras (se é que existe alguma – eu não conheço!) que mantêm funcionários internos para esse tipo de serviço. Já falamos em vários textos aqui no Ponte de Letras sobre as vantagens e desvantagens de se trabalhar…

Questão de bom senso

Em setembro, o Ponte de Letras participou do V Congresso Internacional de Tradução e Interpretação da ABRATES. Fomos muito bem recebidos por todos e pudemos rever amigos e colegas de profissão, assim como conhecer muita gente nova, entre as quais (ficamos felicíssimos em constatar) muitos leitores do blog. Foi muito gostoso poder conversar com gente…

Tradutor também faz laboratório

Quando recebi a primeira proposta para traduzir livros para o público jovem (infantojuvenis, young-adult literature – YA, ou crossover fiction), não sabia muito bem o que esperar. Na minha cabeça, as dificuldades não seriam grandes, o texto seria mais leve, mais “fácil”. Topei. Mas não foi bem assim. Comecei a ler o original e logo…