Quebrando a quarta parede

  Estava jantando com uma amiga um dia desses e começamos a falar sobre invisibilidades das mais diversas, e eu, como bom viciado que sou na tradução, acabei fazendo uma pergunta: “Qual foi o último livro traduzido que você leu?”. Ela me respondeu que havia sido o de um professor francês que ela teve na…