ABRATES e AATI – O início de uma parceria

Quando recebi o convite da ABRATES, por meio do diretor William Cassemiro, para representar a associação nas III Jornadas de Traducción da Asociación Argentina de Traductores e Intérpretes (AATI), fiquei muito feliz pela confiança, mas ao mesmo tempo apreensivo. Era um evento de tradução editorial, dentro das Jornadas Profesionales que ocorrem todos os anos na Feria Internacional del Libro de Buenos Aires, uma das maiores feiras editoriais da América do Sul. O que eu teria para falar em um evento desse porte?

Pois descobri que, quaisquer que fossem minhas falas, o mais importante seriam as experiências que podíamos, profissionais argentinos e eu, trocar. E essa troca foi sensacional.

A Feria del Libro é realmente imensa: abrigada este ano em um centro de exposições conhecido como La Rural, no bairro de Palermo, ela se estende por diversos pavilhões (divididos por cores), onde editoras e livrarias de diferentes portes apresentam suas novidades, atraem profissionais do livro e leitores e encantam a todos com sua diversidade. Os primeiros dois dias (19 e 20 de abril) e parte do terceiro (21) estavam abertos apenas para profissionais do livro: editores, ilustradores, scouts, livreiros, designers, revisores, tradutores. E durante esses três dias aconteceram as Jornadas Profesionales, um espaço de compartilhamento de experiências e conhecimento entre profissionais argentinos e de outros países.

Acompanhado pela Carolina Caires Coelho, amiga e parceira no Ponte de Letras, percorremos a feira, conversamos com editores, tradutores e outros profissionais envolvidos na cadeia de produção do livro, conhecemos muita gente interessante. Ela foi de grande ajuda não apenas como tradutora, mas também como fotógrafa: são dela as fotos em que eu estava falando adoidado para uma plateia exigente, ainda que não muito grande. Fomos recebidos com grande alegria pelo grupo da AATI (Marita Propato, presidenta da AATI, e outros membros da organização, como Lucila Cordone, Estela Consigli, Gabriela Cetlinas e Laura Cariola) e acompanhados o tempo todo.

A primeira mesa redonda da qual participei foi Networking em tradução: profissionalização, articulação, redes, com Victoria Rodriguez Lacrouts, da Fundación TyPA, Carla Imbrogno, do Goethe-Institut e da Casa de Tradutores de Looren América Latina, Lys Gainza, do Departamento de Indústria Criativas do Uruguai, e Lucila Cordone, da AATI e da Fundação Lenguas Vivas, com moderação de María Laura Ramos. Conversamos um pouco sobre as associações que representávamos e depois respondemos às perguntas dos presentes, num bate-papo bastante frutífero. A segunda mesa, a que me dava mais medo, foi Tradução e recepção: visões de Europa e da América Latina, com o tradutor inglês Nick Caistor, que falou sobre a recepção da literatura latino-americana na Inglaterra; eu, falando sobre dificuldades e condições da entrada da literatura alemã no Brasil, e a moderação foi de Alejandro González, professor e tradutor do russo para o castelhano. Percebi logo que meu medo era infundado, pois o bate-papo foi excelente e divertido. Nick Caistor, um senhor inglês muito engraçado, apresentou uma visão bastante abrangente sobre a entrada de obras argentinas na terra da Rainha, e o moderador, tradutor de russo, compartilhava bastante da minha visão sobre a dificuldade de entrada de literaturas não hegemônicas no mercado.

Os outros painéis também foram excelentes, com autores e tradutores conversando sobre suas visões, sobre o trabalho do tradutor, a lei de direitos autorais argentina, a tradução de livros infantojuvenis, a tradução para língua de sinais etc. Terminamos o terceiro dia com um brinde para comemorar a tradução e essa nova ponte que se estendeu entre a Argentina e o Brasil. Que a ABRATES e a AATI possam iniciar um belo trabalho juntos e que as relações entre os tradutores dos dois países possam render belos frutos daquele e deste lado também. Agradeço a ABRATES pela oportunidade e que venham as próximas Jornadas de Traducción!

Algumas fotos da feira:

Este slideshow necessita de JavaScript.

P.S.: Prometo que meu espanhol estará bem melhor ano que vem. 😀

Anúncios

Vamos conversar? Deixe seus comentários!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s