Ninguém liga!

Diálogos não mais tão insólitos: – Fulano está de mudança. – Que Fulano? – Fulano de Tal. – Ah, sim, está se mudando para o Facebook, né? Não sai mais de lá, passa o dia reclamando e postando lição de moral. Relutei em escrever este texto. Não queria falar sobre uma coisa que quero evitar…