Parece literatura, mas sem o livro

Quando entrei na faculdade de tradução, um dos meus sonhos era traduzir livros. Não importava muito o que, desde que fossem livros. E, de fato, traduzi profissionalmente o primeiro livro, uma biografia, quando estava terminando a graduação. Mais ou menos um ano depois, aprendi legendagem de filmes e foi aí que descobri minha grande paixão.…