A iniciativa do iniciante

Ainda sob os efeitos do II Café com Tradução da semana passada, ao qual não fui, mas acompanhei integralmente graças ao live streaming, pensei em muitos assuntos abordados nas palestras sobre os quais gostaria de dar meu ponto de vista. Comecei a semana com a cabeça cheia de novas ideias para o meu trabalho e também para o blog, mas um fato inesperado mudou o rumo deste texto.

Um colega postou uma mensagem recebida por uma novata que assistiu às palestras do evento. No recado, ela agradecia pelas dicas dadas e dizia ter gostado muito do que ouviu. Logo depois, apareceram mais colegas palestrantes falando sobre essa mesma pessoa, surpresos com a abordagem simpática e iniciativa em entrar em contato e se “mostrar” de um jeito corretíssimo. Essa iniciante na profissão enviou mensagens a vários palestrantes. Ganhou ponto com todo mundo, claro. Não por ter enviado a mensagem com elogios, mas porque explicava ser estudante, iniciante na carreira (ela quer ser tradutora literária) e se mostrar muito interessada no assunto fazendo sua lição de casa direitinho. Lendo o blog que ela tem, dá para perceber que está começando com os “dois pés direitos”, como disse a Beatriz Figueiredo em um comentário. 🙂 Está fazendo cursos, participando de eventos, pesquisando sites, lendo blogs… enfim, dá gosto ver uma iniciante fazendo tudo tão certinho.

Conheço alguns candidatos a tradutor e tenho certeza de que chegarão lá porque são pessoas competentes e determinadas, que também estão começando a aprender sobre a profissão. Por não ser um ofício regulamentado, entendo que mais dúvidas surjam a respeito de como começar. Lembro que fui “moiteira” de listas de discussão sobre tradução durante meses quando comecei a me interessar pelo assunto e na Internet havia bem menos material disponível do que hoje em dia.

Há várias maneiras certas de começar, e uma bem errada: achar que os outros têm que mostrar o caminho. Já recebi muitos e-mails de pessoas que “perderam o emprego e querem fazer um bico com tradução”, de quem “quer traduzir e precisa de dicas”, de quem “escreve superbem, vai fazer sucesso” e se oferece pra dividir trabalho. Apesar de todo mundo ter o dia bem cheio de afazeres, muitas vezes, o tradutor decide responder para tentar ajudar. Falamos sobre as pesquisas no Google, sobre a importância de conhecer bem o idioma de partida e ainda mais o de chegada, sobre os blogs voltados a iniciantes ou experientes, sobre a importância de ler tudo sobre o assunto e começar a dar os primeiros passos sozinho, porque ninguém pode fazer isso pela pessoa. Não posso entregar trabalho meu ou indicar um profissional a uma editora, por exemplo, sem conhecer a pessoa, o profissional, o texto que ele produz. Simplesmente não dá! O candidato vai precisar fazer os testes necessários para ser aprovado, e não há indicação que exclua essa parte do processo. E se há, não deveria haver. Muita gente não consegue nem agradecer pelos minutos que você dedicou a responder à dúvida dela, é bem chato.

Bem, não quero falar do errado, quero enfatizar o certo. É gostoso ver uma pessoa disposta e interessada entrando na profissão, porque é com ela que você vai querer trocar suas figurinhas e conhecimento mais para a frente, é ela quem vai trazer discussões interessantes acerca da profissão, é ela quem vai ser uma boa colega e enriquecer o “ambiente” de trabalho. Ninguém gosta de acomodados, não é? Todo mundo gosta de quem se esforça.

Um passo à frente é progresso. Mas com um passo bem embasado, você avança três casas no caminho árido de quem começa.

A Mitsue escreveu um texto excelente a respeito de como se comportar antes, durante e depois de congressos, e as dicas dadas podem ser usadas todos os dias, com congresso ou não 😉 : http://transmitsiqueira.wordpress.com/2014/04/02/networking-em-congressos-antes-durante-e-depois/

Quem quiser conhecer a Juliana, a iniciante bem iniciada, pode acessar o blog dela aqui: http://julianatradutora.wordpress.com/

Anúncios

4 comentários sobre “A iniciativa do iniciante

  1. Olá! Fui avisada sobre este post por um colega que compareceu ao evento. Carolina, gostaria de agradecê-la, especificamente, e também a Débora, a Flávia e o Petê, já que são todos responsáveis pelo blog. É gratificante ler algo tão incentivador, ainda mais para mim, que estou iniciando agora e sendo tão bem recebida pelos colegas. Não tenho nem como descrever a satisfação de ver profissionais da área trazendo-me respostas tão positivas como essa. Vocês me dão cada vez mais força para seguir na profissão e dar o melhor de mim, investindo sempre na qualificação profissional para, quem sabe um dia, chegar ao menos perto do que vocês representam hoje para o mercado da tradução. Muitíssimo obrigada pelas palavras. Espero poder conhecer toda a equipe nos próximos eventos! Um grande abraço! 🙂 Juliana D. Gasparin

    • Juliana, muitíssimo obrigada pelo comentário. Você está sendo tão bem recebida porque merece; de minha parte, porque fez com que eu me lembrasse do meu início, eu vi muito de mim em você. 🙂 Além disso, escreve extremamente bem, tem uma postura admirável, e não me resta dúvida de que vai chegar onde decidir chegar. Parabéns, boa sorte e conte sempre conosco 🙂 Abraços!

      • Obrigada, Carolina! Estou esforçando-me ao máximo para conseguir atingir meus objetivos. Vocês, ainda mais que são tradutores literários, são meus modelos, meus espelhos. Espero poder conhecê-la no Congresso da ABRATES 🙂 Abraço!

  2. Republicou isso em Juliana Tradutorae comentado:
    Um dia após fazer uma postagem de agradecimento, fui informada pelo colega Sidney Barros Junior sobre esta publicação do blog Ponte de Letras. Como foi gratificante ler algo tão incentivador assim! Compartilho aqui com vocês e, mais uma vez, muito obrigada a toda a equipe e, mais especificamente, à Carolina, pelas palavras! 🙂

Vamos conversar? Deixe seus comentários!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s